Após o falecimento de sua mãe em 2017, Marina iniciou seu negócio vendendo acessórios, inicialmente para amigos e colegas de trabalho.
Seu trabalho foi tão bem feito que logo já estava participando de feiras em São Paulo, inclusive na Grande Feira Preta e em lojas colaborativas.
Porém a conta ainda não fechava e optou por trabalhar em uma empresa.
Com a chegada da pandemia, veio também a demissão e o StudioMarinaTavares que era antes uma renda adicional, passou a ser o seu principal negócio.

Que tal conhecer um pouco mais de seu trabalho e fechar algumas vendas?

Acesse: http://42a06.iluria.com