O comércio eletrônico se tornou uma grande porta de entrada para as empresas diante do atual cenário. Entretanto, junto com as vantagens que esse modelo traz, vem também a necessidade de se adaptar à mudança constante de hábitos do consumidor.

Atualmente, o foco das empresas tem sido cada vez mais o mobile e-commerce. Você já conhece essa tendência? Entenda por que é importante e o que fazer para adaptar sua loja virtual. Confira!

A importância do mobile e-commerce para o futuro

O mobile e-commerce — também conhecido como m-commerce — segue a mesma estrutura da venda online convencional, mas foca a estratégia para o formato de uso e compras em aparelhos como smartphones e tablets.

E não é a toa que essa abordagem, chamada mobile first, está mudando a forma de pensar em experiências de consumo para quem empreende. De acordo com o portal E-commerce Brasil, praticamente metade das vendas de varejo online já eram realizadas dessa forma no início de 2018.

A tendência é que esse crescimento não desacelere tão cedo. Portanto, quem se preocupa com essa mudança desde já terá uma loja virtual mais preparada e madura. Essa pode ser a sacada para que um negócio se consolide ainda mais em um ambiente online

O que precisa ser feito para garantir o sucesso do m-commerce

Para ajudar você com o planejamento e a execução de estratégias mobile first em seu e-commerce, daremos algumas dicas práticas. Mas, antes, veja como essa mudança deve se iniciar no mindset da empresa.

Foque nas necessidades desse novo perfil

A etapa inicial para ter sucesso com mobile e-commerce é entender o que está levando o público a essa adesão tão rápida. Isso tem muito a ver com hábitos não só de consumo, mas de rotina. E, no atual contexto, as redes sociais tornaram o contato entre pessoas e marcas muito mais simples por meio dos celulares.

É comum que as pessoas levem os aparelhos móveis para todos os lugares e, com isso, fica mais cômodo e fácil para todos consumirem produtos, conteúdos, notícias e opiniões pelo mobile. Nesse cenário, se sua loja não está disponível de forma satisfatória, ela pode perder a relevância.

Invista em experiência

A variedade de opções em entretenimento, relacionamentos e informações deixam o consumidor mais conectado com experiências que são significativas para ele. Afinal, escolhemos as marcas que nos fazem sentir bem, certo?

A relação disso com um e-commerce é que a experiência direta com a sua loja é a visita ao site/aplicativo. Se o que importa para o público hoje é ter tudo à mão, o m-commerce tem o potencial de entregar exatamente isso, melhor do que a concorrência.

Pense no relacionamento entre usuário e e-commerce

A experiência não se resume apenas à compra. E uma das grandes vantagens do mobile é ter um contato direto, constante e customizado com cada cliente. Por isso, é hora de pensar em como utilizar essa oportunidade para cultivar conexões emocionais. Notificações nos celulares vêm se provando uma arma de comunicação muito poderosa — ainda mais em uma estratégia pensada em conjunto com a loja virtual.

As práticas para adaptar seu e-commerce

Agora que você está por dentro da questão estratégica e de planejamento de um mobile e-commerce, não podemos deixar de citar algumas ações práticas que não podem faltar. Independentemente de objetivos e caminhos, estes itens a seguir são a base de uma loja virtual que atrai e converte bem nesse formato. Veja!

Deixe seu site responsivo

Pensar em mobile first não significa abandonar o desktop, mas colocar layout e experiência em smartphones como prioridade sobre outros formatos. Um dos grandes desafios nesse sentido é a variedade de tamanhos e resolução de telas entre diferentes dispositivos.

Por isso, seu site precisa ser responsivo: adaptar-se em qualquer situação sem quebrar sua estrutura principal. O ideal é que ele se adapte, mas mantenha sempre a mesma identidade visual. 

Construa um aplicativo próprio

Ter um aplicativo hoje é uma grande vantagem competitiva. Em vez de contar com o navegador, um app de loja pode ter uma experiência customizada e simplificar a gestão, principalmente de programas de fidelidade — sem contar com a percepção de valor que a empresa ganha quando tem um serviço próprio disponível.

Desenhe um fluxo de vendas simplificado

Seja no site ou em um aplicativo, é preciso entender que a experiência de navegação em um celular é bem diferente de em um notebook, por exemplo, principalmente pela ausência de dispositivos de entrada, como teclado e mouse.

Esses e outros fatores requerem novas interfaces, voltadas para a experiência do toque em telas menores, exigindo menos dados e facilitando a inclusão deles quando necessário. Qualquer elemento dispensado nesse processo significa um obstáculo a menos para a conversão, uma vez que a usabilidade se torna mais dinâmica.

Invista em segurança

Assim como o uso de aparelhos celulares está crescendo, o risco de ataques e invasões aos sistemas desse tipo de dispositivo também está aumentando.

Como uma empresa de e-commerce, você tem responsabilidade sobre os dados armazenados de seus clientes. Portanto, é hora de investir em ferramentas e soluções para proteger possíveis brechas em aplicativos e no seu site.

Aposte no uso de aplicativos

Já pensou ter um aplicativo de delivery próprio para a sua empresa? 

Essa é uma das principais alternativas para quem quer encontrar oportunidades em potencial. Para te ajudar, a Delivery Direto, empresa do Grupo Locaweb, oferece diversas vantagens e recursos para quem quer criar um aplicativo próprio. 

Além de funcionalidades completas para a gestão, você poderá montar um app com a cara do seu negócio e investir ainda mais no mobile.

Clique aqui para conhecer tudo sobre a Delivery Direto e comece hoje mesmo a criar o app de delivery do seu estabelecimento.

E se você chegou até aqui, aproveite nossas dicas e comece a planejar suas próximas estratégias para empreender na internet.