Se você parar um minuto e olhar a caixa de entrada do seu e-mail agora mesmo, vai ver que o e-mail transacional é muito mais comum do que parece. Aquele e-mail solicitando a alteração de uma senha, confirmando a entrega de um pedido do delivery ou então sugerindo que você avalie a qualidade de alguma compra feita.

Diferente de uma campanha enviada a diversos contatos, o e-mail transacional é responsável por compartilhar alertas e notificações que priorizam comunicações automáticas. 

Descubra neste post como funciona e qual a importância de utilizar a ferramenta em um e-commerce.

O que é e-mail transacional?

Um e-mail transacional é aquele enviado sempre que um usuário ou cliente faz alguma ação em um site, e-commerce ou loja virtual, ou seja, são e-mails disparados por uma ferramenta a partir de alguma demanda. Também funciona como um resposta automática do sistema para alguma ação do usuário.

Por exemplo, quando alguém recebe a confirmação da compra ou quando um usuário se esquece da senha, pede para mudá-la e recebe um e-mail com link para criar uma nova.

Este tipo de e-mail é bastante usado em e-commerces e lojas virtuais, já que facilitam o recebimento de notas fiscais, confirmações de compra e envio, rastreio de entrega etc. Mas podem ser utilizados em qualquer tipo de negócio, como uma maneira de automatizar comunicações que fortalecem a confiança do usuário.

E-mail transacional é diferente do e-mail marketing?

Sim, são dois tipos de e-mail diferentes. O e-mail marketing é uma forma de fazer campanhas para conquistar novos clientes ou manter a base interessada, seja com newsletters, ofertas ou novos conteúdos que tragam oportunidades interessantes ao público. Tem também a possibilidade de repique para melhorar o engajamento.

Enquanto isso, o e-mail transacional é uma comunicação mais personalizada. Eles não são enviados a grupos de contatos, segmentados ou não, e, sim, de maneira individual a partir das ações feitas pelos usuários.

Quais os benefícios de ter uma estratégia de e-mail transacional?

Com a concorrência do mercado e a necessidade constante de conquistar clientes e interessados no seu negócio, aproximar-se deles e transmitir confiança é uma forma de se destacar. Assim, o uso do e-mail transacional faz sua marca subir alguns patamares em relação à:

  • comunicação automática: uma vez que o e-mail transacional é enviado um a um, dificilmente ele cai na caixa de spam, aumentando a entregabilidade e segurança por trás dessas comunicações. Isso aumenta as chances de ser lido e aperfeiçoar a comunicação com o cliente;
  • segurança e praticidade: este tipo de e-mail traz as ações que foram executadas e solicitadas. Isso traz mais segurança e praticidade, que são dois ingredientes que podem aprimorar a percepção da marca;

Quais são os principais tipos de e-mail transacional?

As possibilidades dessa comunicação são variadas e podem ser enviadas nas etapas da jornada em que o cliente ou usuário, aciona uma ação.

  • protocolos de atendimento, com as informações fornecidas durante o serviço de suporte;
  • encerramento de conta;
  • abandono de carrinho;
  • informações de cadastro e login;
  • dados de rastreio;
  • envio de nota fiscal;
  • alterações de senha.

Como criar uma estratégia de e-mail transacional com SMTP?

Implementar uma ferramenta de SMTP ao site, aplicação web ou e-commerce é essencial para aperfeiçoar o envio dos e-mails automáticos. Escolha uma opção com boas opções de integração para facilitar a entregabilidade. Além disso, o painel da solução deve ser claro, para que você entenda as métricas e o andamento do plano.

Apostar na estratégia de e-mail transacional é um passo a mais para garantir a segurança das suas comunicações.

E se você chegou até aqui, aproveite para conhecer mais sobre o SMTP Locaweb.