A web é um ótimo ambiente para expandir sua rede de contatos e construir uma imagem profissional sólida e que atraia a atenção de clientes e empresas. Para isso, as redes sociais são ferramentas indispensáveis, e o LinkedIn é fundamental para se destacar!

Hoje, a plataforma é um dos locais em que mais se busca profissionais qualificados e competentes para todos os tipos de demandas, sejam vagas, sejam projetos avulsos. Mas, para conquistar resultados é preciso fazer o melhor uso possível dessa rede social. As melhores oportunidades surgem para quem sabe trabalhar sua imagem profissional.

Neste post você verá 5 dicas valiosas de boas práticas para profissionais que desejam ter um perfil ativo e chamativo no LinkedIn. Confira!

1. Usar palavras-chave na descrição de perfil profissional

Uma descrição de qualidade é o cartão de visitas de um bom perfil de profissional no LinkedIn. Relatar experiências e qualificações é importante, porém, mais do que isso, é necessário ter uma postura estratégica ao usar os termos. As palavras-chave fazem toda diferença e tratam-se de expressões específicas que, geralmente, são buscadas.

Nesse caso, os termos serão relacionados à atuação e à qualificação do profissional. São palavras que chamam atenção e, se estiverem na sua descrição, automaticamente estarão disponíveis a quem fizer a pesquisa por elas. O uso desses termos possibilita que o seu perfil profissional seja mais facilmente encontrado. Encontre as palavras mais indicadas para representar seu cargo e atuação profissional.

2. Relatar experiências e qualificações com detalhes

Uma das dicas mais valiosas é aplicar a riqueza de detalhes na hora de descrever as experiências profissionais e qualificações. Um bom exemplo são os projetos nos quais o profissional já atuou. Esse detalhamento ajuda recrutadores e pessoas em busca de serviços a entenderem o seu papel e outros trabalhos já executados.

Quanto às qualificações, elas são sempre informações que chamam bastante atenção e, naturalmente, é o que atesta que aquele profissional é preparado para o serviço que oferece. Nesse caso, pode ser uma ótima ideia detalhar ao máximo todo conhecimento, por exemplo.

Nunca é demais exaltar suas próprias qualificações, já que isso causa um impacto muito positivo em quem vê a descrição. No entanto, é sempre bom relembrar: jamais insira habilidades que você não domina!

3. Adicionar certificados ao longo da carreira

Nada melhor do que certificados para comprovar essas qualificações, especialmente se elas foram obtidas por meio de cursos que fornecem esses atestados. O LinkedIn permite que o profissional insira esses dados, marcando instituições em que foram obtidos.

Além disso, é possível anexar os certificados, caso eles estejam em PDF. Isso agrega valor ao resumo do profissional e é um atestado concreto de que ele é qualificado no que se propõe a fazer.

Alguns cursos, especialmente os que foram concluídos online, oferecem esses certificados em formatos de links URLs. Ao acessar, o usuário consegue visualizar o documento completo. 

Quanto mais certificações o profissional tiver, melhor, e na plataforma todas podem ser mostradas como verdadeiros troféus! Essas comprovações chamam bastante atenção e dão mais credibilidade ao desenvolvedor.

4. Deixar claro o objetivo profissional

Por mais que a descrição das qualidades e dos projetos desenvolvidos sejam detalhadas e aprofundadas, o objetivo profissional deve estar bastante claro. É justamente essa parte que direciona o profissional no mercado e, se ele tem a intenção de conseguir uma posição em uma empresa, é fundamental para o recrutador entender o que esse desenvolvedor espera.

É comum que em um resumo ou em um currículo essa informação não receba a mesma atenção e cuidado em relação a outras, mas ela deve ser a primeira! A partir do objetivo, já se sabe para quais caminhos esse profissional quer alcançar e, quando se trata de LinkedIn, é importante ter clareza, já que essa postura facilita muito uma possível captação.

O RH de uma empresa já tem o LinkedIn como um canal sólido de pesquisa de profissionais para ocupar cargos em companhias. Diante disso, quanto mais claro estiver o perfil, melhor ele estará posicionado à análise de um recrutador que faz uma busca bastante específica.

5. Publicar conteúdos com frequência

Uma tendência cada vez mais interessante que se observa no LinkedIn, é a postura de profissionais que, diante de seu conhecimento, se posicionam como especialistas.

Hoje, mais do que uma plataforma para mostrar suas qualificações, o LinkedIn é um local de conteúdo, em que se fala sobre o mercado, tecnologias, novas práticas e o que mais for interessante.

Cada vez mais, se popularizam os perfis de pessoas que contribuem com esses conteúdos para a rede, já que elas recebem muitos compartilhamentos e os posts ficam populares. Cabe ao profissional, diante dos seus conhecimentos técnicos e de sua percepção de mercado, observar quais temas podem ser interessantes e, então, produzir conteúdos com esses assuntos.

Nesses conteúdos, assim como na descrição do perfil profissional, o uso de palavras-chave contribui para que essas postagens sejam facilmente encontradas. A constância na oferta dessas análises e publicações podem ser ótimos para a imagem profissional, já que cria-se uma rede de leitores e ainda pode mostrar seu conhecimento sobre a profissão.

+Bônus para empresas

Se você possui um negócio também poderá encontrar boas oportunidades para a sua empresa. O LinkedIn oferece uma série de recursos como criações de páginas institucionais, desenvolvimento de campanhas de mídia e diversos recursos para aumentar o alcance da sua marca e gerar interações com a sua empresa. 

Comece definindo seus objetivos e qual posicionamento será adotado para destacar a sua empresa e conquistar espaço no mercado B2B e B2C, cada vez mais presente na rede social. 

+Acesse aqui mais conteúdos para a presença digital da sua empresa!

E que tal ajudar outros colegas de profissão? Compartilhe este post em suas redes sociais para que eles também saibam como se posicionar na hora de criar um perfil no LinkedIn!